Intimidade demais é bom ou atrapalha?

Nunca tivemos nada.Já tivemos algo.Ele é meu namorado.Ele é meu noivo.Ele é meu marido.Ele é meu ex.Continuar.

Ter intimidade com a pessoa amada é algo que muitas pessoas buscam…

A ideia é tornar o relacionamento mais fácil e aumentar a confiança um no outro!

Mas nem tudo que vem com a intimidade é bom, portanto será preciso saber lidar com isso para que não se torne um incômodo e um motivo para brigas…


Descubra no artigo de hoje se intimidade demais é bom ou atrapalha…

Intimidade demais é bom ou atrapalha?

Quanto mais íntimo um casal é, mais fácil é compreender...

Quanto mais íntimo um casal é, mais fácil é compreender…

Quando a intimidade é boa…

Se tornar intima (o) do seu parceiro não é assim tão ruim…

Você tem a oportunidade de conhecê-la (o) melhor, saber bem o que ela/ele gosta e também quando é o momento de dar espaço!

Quanto mais íntimo um casal é, mais fácil é compreender quando a pessoa precisa de sua individualidade e também o que a leva a se comportar de determinada maneira…

Sendo assim, você começa a relevar mais coisas e assim vai gerando um aumento de confiança!

E quando atrapalha…

A intimidade demais começa a atrapalhar quando uma das partes começa a “se folgar” e portanto invadir o espaço do outro…

Mesmo que na verdade o faça de forma inconsciente!

É como se tivesse colocado na cabeça aquela frase: “Ah, ele/ela sabe que sou desse jeito, não vou mudar!”

Mas, para que as coisas deem certo não dá para pensar desse jeito!

A intimidade dá sim o direito de relevar mais situações, mas não o direito de invadir o espaço do outro e não trabalhar pequenas manias!

É preciso gerar um equilíbrio…

Ressalto que o casal não deve ter medo de deixar que a intimidade aumente, muito pelo contrário, é até interessante que trabalhem nisso para se conhecerem ainda mais!

Só é preciso tomar cuidado para não extrapolar os limites e invadir o espaço um do outro… Pois é aí que começam as cobranças e as brigas – muitas delas sem motivos reais…

Um exemplo: se conforme forem ficando mais íntimos começarem a descobrir pequenas manias irritantes um do outro o melhor é conversar sobre o assunto já no começo e não apenas relevar a situação!

Claro que relevar algumas vezes será preciso, mas o que não pode acontecer é apenas uma das partes aceitar a situação… O dono (ou dona) da mania também precisa trabalhar para mudar!

Os limites da intimidade…

É importante que o casal tenha em mente que a intimidade existe entre eles…

Então, mesmo que você saiba os maiores segredos sobre a pessoa que você ama, nada de sair comentando com seus amigos ou até mesmo fazendo brincadeiras bobas quando vocês estiverem em algum evento!

As brincadeiras podem sim existir entre vocês dois, e ainda assim devem ter um limite para não se tornar algo irritante…

Outro fator importante é não sair contando para sua família o que você sabe de mais íntimo de seu/sua namorado (a)!

É preciso haver um limite de até onde a intimidade pode ir e principalmente o que pode ou não ser comentado…

Respeito acima de tudo…

Outra coisa que o casal que pretende se tornar mais íntimo precisa saber é que o respeito precisa sempre estar em primeiro lugar!

Lembre-se que quanto mais intimidade você tiver com a pessoa mais coisas “ruins” sobre ela você irá descobrir…

E além de relevar será preciso manter o respeito!

O que não inclui apenas não comentar sobre os segredos mais íntimos da outra pessoa, mas também a respeitar como ela é, ajudando a mudar no que for preciso – e se for preciso!

O Segredo Inusitado Para Despertar Uma Tempestade de Desejo Apaixonado Na Mente do Homem Que Você Ama: (clique aqui para assistir ao vídeo)

Como você pode perceber a intimidade não é de todo ruim, tanto que não há por que ter medo de se tornar mais íntimo (a) da pessoa amada!

 


3/5 - (1 vote)

Gostou do artigo? Conte sua história nos comentários: