Como se preparar para ter um filho com seu amor

Nunca tivemos nada.Já tivemos algo.Ele é meu namorado.Ele é meu noivo.Ele é meu marido.Ele é meu ex.Continuar.

Depois de algum tempo de casados é normal que o casal comece a pensar – e discutir – sobre a possibilidade de aumentar a família

Para a mulher muitas vezes é algo natural, ela se sente segura na relação e seu instinto materno simplesmente desperta, mas é preciso que ambos estejam preparados para criar uma criança!

Muita gente diz que não é preciso preparo, que assim que o filho chegar em suas vidas o casal automaticamente se adapta…


A verdade é que as coisas não são bem assim, é preciso muita estrutura para lidar com uma criança, e não me refiro apenas a questão financeira!

Seja no método tradicional ou através de um processo de adoção, antes de tomar qualquer decisão vale analisar com calma se afinal vocês estão prontos para serem pais…

Vocês estão preparados para serem pais?

 

Vocês querem mesmo ter filhos?

Vocês querem mesmo ter filhos?

 

Querer ter filhos x pressão dos familiares

No mundo em que vivemos atualmente não há nada errado em não querer ter filhos e constituir uma família de apenas duas pessoas…

O problema é que muitas vezes os familiares do casal ficam pressionando para que venha logo um neto e a família aumente!

Vocês querem mesmo ter filhos ou estão apenas querendo se livrar da pressão dos familiares?

É importante que o desejo de vocês se serem pais seja real… Se estão pensando em ter um filho apenas por causa da família o melhor é adiar essa decisão por mais um tempo!

As mudanças com a chegada da criança

Outro ponto importante a ser analisado é ser vocês sabem quais são as mudanças que vem com a maternidade…

Querendo ou não vocês deixarão de ser apenas dois e passarão a ser três, o que significa dizer que o tempo a dois irá diminuir e será preciso dividir a atenção com o pequeno!

Saídas com grupos de amigos também ficam em segundo plano, afinal as prioridades mudam…

Se tudo isso ainda parece assustador demais talvez vocês devam adiar um pouco os planos de ter um bebê!

Agora se sentem-se seguros em relação a isso e inclusive combinam dividir tarefas – como os cuidados da criança – é provável que esse seja o momento certo…

Estabilidade financeira e emocional

O melhor momento para decidir ter um filho é aquele em que o casal alcançou a estabilidade financeira e emocional…

Vocês já não têm tantas brigas bobas e sem motivo e mantém uma cumplicidade muito forte!

Além disso as dívidas já não são um problema… A residência já está quitada, vocês estão numa boa fase em seus empregos e as contas estão em dia!

Experiência com crianças

Talvez esse não pareça ser um fator muito importante, mas ajuda a mostrar para o casal se eles realmente estão preparados para ter filhos…

Como vocês se sentem ao cuidar de sobrinhos, primos ou irmãos mais novos?

A ideia de uma criança que precisa da supervisão constante de um adulto os assusta ou os fascina?

Se vocês não se sentem a vontade ao ter uma criança sobre sua responsabilidade talvez não seja o momento certo para a chegada de um bebê em suas vidas…

Por outro lado se nem sentem as horas passarem quando estão responsáveis por filhos de amigos ou parentes vocês podem sim pensar na possibilidade de serem pais!

O momento certo

Como é a rotina de trabalho de vocês? É preciso viajar muito ou passar muitas horas longe de casa?

A carreira está em fase de crescimento, num momento importante como o de uma promoção?

Nesses casos é provável que você precise se dedicar a outras atividades além da criança e talvez o bebê precise ficar aos cuidados de uma babá…

E vocês querem ver a criança crescer e participar desse crescimento não é mesmo?!

O Segredo Inusitado Para Despertar Uma Tempestade de Desejo Apaixonado Na Mente do Homem Que Você Ama: (clique aqui para assistir ao vídeo)

O momento certo será aquele em que é possível encaixar a rotina de trabalho e a rotina do casal com a rotina de uma criança!

 


Gostou do artigo? Conte sua história nos comentários: