Como saber se você superou seu último relacionamento

Nunca tivemos nada.Já tivemos algo.Ele é meu namorado.Ele é meu noivo.Ele é meu marido.Ele é meu ex.Continuar.

Aceitar que terminou, superar, virar a página… Em algum momento você consegue atingir essa meta!

No entanto cada um tem seu tempo, tudo depende de quanto seu último relacionamento te marcou

Alguns levam poucos meses enquanto para outros, se permitir amar novamente pode levar anos.


Será que existe algum sinal que indique que você já superou e está pronta para abrir o coração?

Descubra agora como saber se você superou seu último relacionamento…

Como saber se você superou seu último relacionamento

Como saber se você superou seu último relacionamento

Aprenda a ler os sinais do seu coração

Lembrar momentos felizes não te deixa saudosa

Você consegue se lembrar dos bons momentos que viveu junto com seu ex, mas isso não te deixa com saudade daqueles tempos ou te machuca…

Tanto que algumas vezes você ri de determinadas situações e consegue perceber que essas memórias fazem parte do passado.

Falar bem do ex e admitir que houveram erros e acertos

Quando vocês tinham recém terminado tudo o que você sabia dizer era que ele foi um crápula que partiu seu coração

Agora, com a situação já superada você consegue aceitar perfeitamente que ele não era de todo ruim!

Afinal, se fosse a relação não teria existido…

Então se alguém lhe pergunta do ex você consegue falar das qualidades dele também e dizer “não deu certo porque éramos muito imaturos” ou “ambos tivemos nossos erros e acertos, infelizmente não deu certo”.

Não checar mais as redes sociais dele

Logo que se separaram você entrava praticamente todos os dias no Facebook ou Instagram dele… Isso sem contar que costumava ver qual era o visto por último dele no WhatsApp!

No entanto isso ficou no passado… Você mal se lembra qual foi a última vez que ficou stalkeando o perfil dele ou de alguém da família e se duvidar chegou a bloqueá-lo em todas as redes sociais sem se sentir culpada…

E se você não tem mais interesse em ter notícias dele – nem que seja espionando através do perfil das amigas – é provável que você já virou essa página!

Parar de ouvir músicas que lembra o ex

Isso vale também para aquela sua playlist chamada de “fossa” que você ouvia praticamente todos os dias desde que ele disse “vamos terminar”…

Agora você simplesmente aposentou aquelas músicas que praticamente te faziam lembrar dele e adotou uma playlist mais animada!

Mas, se por acaso você acabar escutando aquela música que te lembra dele isso já não é um motivo para começar a chorar ou ficar na “bad”.

Você curte de verdade suas saídas

Sair com os amigos para um barzinho ou para uma balada já não é mais motivo para você chegar em casa e passar o resto da noite – ou da manhã – chorando e se sentindo culpada!

Você consegue se divertir e curtir de verdade. Tanto que ficar sentada com um sorriso falso no rosto enquanto seus amigos se divertem virou algo que ficou no passado!

Inclusive agora você se dá a oportunidade de ficar com outras pessoas por estar interessada e não com o intuito de tirar o ex da cabeça!

Ir aos locais que frequentava com o ex sem se sentir mal

Não confunda isso com ir aos locais que frequentava com seu ex com o intuito de encontra-lo…

Se você realmente superou seu último relacionamento consegue ir aos locais que costumava ir com ele sem se importar se o ex vai estar lá!

Em resumo, você não fica na expectativa de encontra-lo – ou apavorada com essa ideia – e aproveita o lugar sem fazer ligação alguma com o antigo relacionamento.

Fazer coisas sozinha não te incomoda

Ficar sozinha numa sexta-feira a noite, cozinhar para você ou até mesmo sair sem companhia não te deixa incomodada.

O Segredo Inusitado Para Despertar Uma Tempestade de Desejo Apaixonado Na Mente do Homem Que Você Ama: (clique aqui para assistir ao vídeo)

Você se sente absolutamente a vontade com sua própria companhia e sabe que estar solteira e sem alguém te acompanhando não significa necessariamente solidão!

 


Rate this post

Gostou do artigo? Conte sua história nos comentários: