Entenda por que paixão e sexo não são incríveis para sempre em um relacionamento

Nunca tivemos nada.Já tivemos algo.Ele é meu namorado.Ele é meu noivo.Ele é meu marido.Ele é meu ex.Continuar.

No começo de um relacionamento tudo parece mais forte e intenso. Como se existisse uma espécie de imã entre você e a outra pessoa e vocês não conseguissem se separar!

[sc:calculadora ]

Isso vale inclusive em relação ao sexo. Tudo é incrível e intenso, único muitas vezes…


Conforme o tempo vai passando parece que as coisas esfriam um pouco. Alguns culpam a rotina e a correria do dia a dia…

A verdade é que a paixão e o sexo não são incríveis para sempre e se você deseja manter um relacionamento duradouro e saudável terá que aprender a lidar com isso!

Tentar arranjar culpados ou ignorar a situação não é o correto! O primeiro passo é entender o motivo disso.

Descubra no texto de hoje por que a paixão e o sexo não são incríveis para sempre em um relacionamento…

Entenda por que paixão e sexo não são incríveis para sempre em um relacionamento 

A paixão não dura para sempre, mas pode voltar...

A paixão não dura para sempre, mas pode voltar…

 

Paixão X Amor 

Já é cientificamente comprovado que paixão e amor são duas coisas totalmente diferentes.

Inclusive, não somos capazes de passar mais de dois anos apaixonados. Sabe por que? Porque a paixão envolve hormônios!

E essa é uma das explicações pelas quais a paixão não é incrível para sempre em um relacionamento.

Ela é algo físico, enquanto que o amor está em um nível mais espiritual.

Quando você se apaixona por alguém há uma enorme quantidade de hormônios circulando por seu corpo. Principalmente os hormônios relacionados a sensações positivas…

Assim que a paixão passa os níveis desses hormônios caem e então o que era incrível passa a ser algo normal…

Essa é uma explicação de por que muitos relacionamentos acabam terminando após algum tempo…

Se não foi investido para que exista amor, mantendo-se o relacionamento apenas em algo físico, assim que a paixão acaba consequentemente o relacionamento também acaba!

Durante o período da paixão vemos perfeição em tudo, é como se a outra pessoa fosse única no mundo…

Quando o relacionamento evolui para o amor percebe-se que o parceiro (a) tem defeitos e que será preciso lidar com isso!

O que era incrível, único, torna-se comum… E é preciso muita maturidade para lidar com o amor e manter o relacionamento!

E o sexo?

Entender o motivo de a paixão perder seu lado incrível até que foi fácil, mas muitos devem estar se questionando o por quê de no sexo isso também ocorrer…

Não é algo muito difícil de ser explicado, mas o sexo também é algo físico. Ligado à reprodução e continuidade da espécie.

No começo de um relacionamento sentimos muito mais excitação pela outra pessoa exatamente por causa dos hormônios da paixão, que ativam os hormônios relacionados a excitação…

Nos sentimos atraídos por outra pessoa com o intuito de nos reproduzirmos… É assim que funciona com os outros animais!

Passada a fase de atração inicial e as primeiras transas, o corpo entende que já atingimos nosso objetivo, de dar continuidade a espécie.

O sexo então passa a ser algo normal e se o casal não tomar cuidado pode cair na rotina!

Vale lembrar que somos os únicos animais capazes de fazer amor. Exatamente, somos os únicos que trocam beijos durante o ato sexual!

E quando isso ocorre é por que temos uma forte ligação com a outra pessoa, que vai muito além do físico!

Agora você sabe por que o sexo e a paixão perdem seu lado incrível após algum tempo de relacionamento…

Mas também sabe que isso não é desculpa para terminar!

Muito pelo contrário, é um forte motivo para que o casal se conheça melhor e aprenda a lidar tanto com o lado bom quanto com o lado ruim um do outro…

O Segredo Inusitado Para Despertar Uma Tempestade de Desejo Apaixonado Na Mente do Homem Que Você Ama: (clique aqui para assistir ao vídeo)

Não há nada melhor que um relacionamento que vai muito além do físico, em que o casal está cem por cento conectado!

 


Rate this post

Gostou do artigo? Conte sua história nos comentários: