Por que o amor é uma escolha e não é algo que se encontra

Nunca tivemos nada.Já tivemos algo.Ele é meu namorado.Ele é meu noivo.Ele é meu marido.Ele é meu ex.Continuar.

Você já parou para pensar que muitas pessoas acreditam que o amor é algo para ser encontrado?

Pode parecer estranho, mas é uma verdade.

Essas pessoas pensam que em algum momento o amor irá aparecer em suas vidas, como um príncipe ou princesa de conto de fadas e as fará mudar ou abrir mão de algumas coisas.


Que fique claro uma coisa: ninguém muda por ninguém, a não ser por escolha própria.

O fato é que, você não acha o amor, mas sim se permite vivê-lo.

Várias são as razões que podem nos levar a escolhê-lo ou a escolher uma vida sozinho (a).

O objetivo desse artigo é discutir exatamente essa contradição e mostrar para você por que o amor não é algo que você acha e sim uma escolha que você faz.

4 Razões pela qual o amor é uma escolha 

O fato é que, você não acha o amor, mas sim se permite vivê-lo.

  1. A PERFEIÇÃO NÃO EXISTE

Quem está sempre em busca da perfeição acredita que só pode se dar uma chance ao amor se esse for total e completamente perfeito.

O detalhe, que você já cansou de saber, é que a perfeição não existe. Nem você mesmo consegue ser perfeito.

Gostando ou não, toda e qualquer pessoa que você encontrar vai ter sim defeitos.

E você vai ter que aprender a lidar com isso…

Se dar uma chance e viver um amor com alguém não acontece por que você achou a perfeição, mais sim por que você escolheu aceitar que as pessoas têm qualidades e defeitos.

  1. CEDER É PRECISO

Todos temos um lado egoísta.

E sim, todos precisamos de momentos apenas conosco. Você sabe que para um relacionamento dar certo, algumas vezes vai ter que deixar o lado egoísta de lado.

Afinal, infelizmente não vai existir alguém 100% igual a você.

Mas sim alguém que está disposto a aceitar seus sonhos e suas manias.

O mesmo vale se a situação é ao contrario. Você não acha alguém igual para o qual não será preciso ceder espaço.

Você escolhe estar com alguém que tem objetivos semelhantes aos seus e que assim como você está disposto a ceder um pouco para chegar a um consenso.

  1. NEM SEMPRE É CORRESPONDIDO

Se o amor fosse algo que simplesmente se achasse, não seria lógico que todos seriam correspondidos?

Afinal você só acha o que quer. Já diz o ditado: quem procura acha!

Aí entra a razão de o amor ser uma escolha.

Escolhemos nos interessar por alguém que nos atrai por algum motivo. Mas isso não significa que essa pessoa se sentirá igualmente atraída.

O mesmo acontece naquelas situações em que uma pessoa se interessa por você e você não se interessa por ela.

Você escolheu não se interessar e se envolver.

  1. SUPERAR UM AMOR É DIFÍCIL

Superar um amor não correspondido exige tempo e disposição da pessoa.

Exatamente por envolver a questão de uma escolha…

Você escolheu se envolver com determinada pessoa e, por alguma razão, a situação não deu certo.?

Se o amor fosse algo para ser encontrado, quando alguma situação amorosa desse errado, você logo encontraria outro amor e viraria a página.

E não faria isso por uma obrigação ou pelo fato dos outros dizerem que você precisa superar, mas sim por que encontraria amor em cada pessoa que conhecesse.

Não que você não encontre, mas você escolhe se quer ou não aceitar esse amor.

Após ler esse texto imagino que você tenha se convencido que o amor é uma escolha e não algo que você irá achar.

Então, independente de situações anteriores, é importante se permitir viver esse sentimento.

E o primeiro passo é parar de reclamar que está sozinha (o). Assim como o amor é uma escolha, estar solteiro também é.

O Segredo Inusitado Para Despertar Uma Tempestade de Desejo Apaixonado Na Mente do Homem Que Você Ama: (clique aqui para assistir ao vídeo)

Pense nisso!

Por que o amor é uma escolha e não é algo que se encontra

Artigos relacionados:

3 comentários

  1. maria
  2. Bianca
  3. Rafael

Gostou do artigo? Conte sua história nos comentários: