Por que muitos veem o casamento como perda da liberdade?

Nunca tivemos nada.Já tivemos algo.Ele é meu namorado.Ele é meu noivo.Ele é meu marido.Ele é meu ex.Continuar.

Casar deveria ser visto como o momento em que duas pessoas concordam em dividir suas vidas uma com a outra, não é?

No entanto, diferente da época dos nossos avós em que o casamento era algo natural da vida adulta, hoje é algo que os jovens adiam cada vez mais.

Assim que se fala em casar a primeira coisa que vem a cabeça dos homens é que se trata de uma prisão…


Afinal, porque isso acontece? O que faz com que tantas pessoas se assustem com a ideia de casar e vejam isso como uma forma de deixar de ser livre?

O casamento acaba com a liberdade?

Por que muitos veem o casamento como perda da liberdade

Um casamento deve ser vivido com amor…

Liberdade X Libertinagem

A verdade é que você pode ser livre mesmo estando em um relacionamento sério com alguém – seja esse relacionamento um namoro ou até mesmo o casamento.

O problema é que muitas pessoas confundem liberdade com libertinagem. Para elas ser livre é não dar satisfação de nada, “ser de todo mundo”, não se apegar e por aí vai.

Sendo que na verdade ser livre é poder se permitir fazer coisas individualmente, não depender de outra pessoa para ser feliz e principalmente escolher estar com alguém porque quer.

Como resultado disso, surgem os famosos relacionamentos onde um acredita que é propriedade do outro, tudo precisa ser feito junto e qualquer atividade individual é vista como traição.

Medo do que a parceira vai pensar

Você até quer sair sozinho (a) com seus amigos, viajar ou fazer qualquer atividade sem ter seu amor por perto.

No entanto, falar sobre isso lhe causa pavor, pois você acredita que ele (a) vai pensar que o fato de você querer um pouco de individualidade significa um afastamento e sinal de que você já não o (a) ama mais!

Se seu amor demonstra ser ciumento, essa situação se tornar ainda mais grave e você sabe que se disser: “vou jogar futebol com os amigos hoje!” corre o risco de ela pensar que você está traindo.

Assim surgem aqueles casais que querem ter seu espaço mas têm medo de colocar isso em pauta com seus parceiros (as).

O relacionamento então passa a ser uma prisão, pois você se sente privado de fazer coisas que gosta sem ter alguém observando suas atitudes…

Quem vê isso de fora passa a ter a sensação de que casar realmente significa perder sua liberdade.

Dificuldade em dar satisfações

Talvez você tenha sido aquele adolescente revoltado que odiava ter que dar satisfações aos pais, explicar em detalhes o que ia fazer e porque ia fazer.

Num casamento é necessário para uma boa convivência que um dê satisfações ao outro sobre o que vai fazer. Claro que não precisa ser com altos detalhes.

Mas uma mensagem dizendo: “vou tomar uma cerveja com o pessoal do trabalho depois do expediente” é importante para que seu amor não fique preocupado (a) achando que aconteceu algo grave!

A geração atual tem certa dificuldade em dar satisfações. Se tornaram individualistas a um ponto muito próximo do egoísmo e veem uma simples mensagem de “perdi o ônibus, vou me atrasar” como perda da liberdade.

Essa pode ser uma das razões pelas quais o casamento é adiado e visto como o fim de sua liberdade.

Mas se você parar para pensar, mesmo depois de adulto é preciso “dar um sinal de vida” para seus pais, irmãos ou colegas de trabalho!

O Segredo Inusitado Para Despertar Uma Tempestade de Desejo Apaixonado Na Mente do Homem Que Você Ama: (clique aqui para assistir ao vídeo)

Querendo ou não, dar satisfações faz parte de nosso dia a dia e é importante para uma boa convivência em qualquer ambiente, não apenas na vida a dois.

Por que muitos veem o casamento como perda da liberdade?
3.3 (65%) 4 votes

Artigos relacionados:

Gostou do artigo? Conte sua história nos comentários: