Pxiiii, agora o caso é um pouco mais grave comparando-se com os que tenho trabalhado aqui com vocês esse foi um dos mais complicados talvez. Dessa vez envolve assuntos bastante delicados, filhos, ex-mulher, família, enfim diante da situação fiz o diagnostico do caso e dei um conselho em mais um pedido. Vejamos abaixo.

Envolvida com homem casado

Enviado por: Caroline

Seguinte eu tenho 24 anos estou a um ano envolvida com homem casado de 36, só que ele é casado. Bom todas as perguntas que li aqui nos comentários as pessoas dizem que o cara quer só lepo lepo.

No entanto no meu caso não é assim a 2 semanas atrás completou um ano que estamos juntos ai sim fomos a um motel até então nunca tínhamos tido nada até porque eu queria ver qual era a dele.

O que realmente queria, ele me respeitou e disse que só faríamos quando eu quisesse e assim foi, e ele não me tratou como um cara que só quisesse apenas lepo lepo me tratou com amor e carinho, a gente se vê todos os fins de semana saímos a parques, praças, shopping, ele é incrível com meu filho.

Ele diz que ama muito e esta se preparando financeiramente pra poder se separar e ele também tem uma questão com os filhos que não querem morar com a mãe.

Bom eu já quis terminar várias vezes já ate falei pra ele que não dava mais porque me sinto mal assim, gosto dele demais pra dividir ele, ai ele diz que tudo bem, mas uns instantes depois já me procura pedindo pra ter paciência que ele me ama muito que sabe que é um erro isso por ele ser casado mas que pode fazer se depois de 16 anos de casado ele encontrou realmente quem ele ama, e então me pede calma.

Ah a mulher dele já descobriu que ele trai ela comigo mas disse que se ele sair de casa ela mata ele….rsrsrs Me ajudem o que eu faço???

Olá Caroline,

Que situação essa sua em? Realmente essa é uma situação delicada, laços familiares estão em jogo e o pior de tudo a mulher dele sabe de você, lhe conhece e já lhe ameaçou, contudo você deve para e refletir no futuro, se de repente ele abandonar a família dele para ficar com você, vocês terão paz, poderão viver tranquilamente, ele começando uma nova vida ao seu lado, porem com a ex-atual mulher perturbando a paz de vocês?

E as crianças os filhos dele o seu coloque eles em primeiro plano, vai ser confortável para ambos crescerem em um ambiente onde seus pais vivem em pleno conflito, ameaças e desentendimentos?

Ele parece ser um cara do bem, te respeitou te fez mulher, lhe tratou bem, adora seu filho como você mesmo citou e isso tudo poderá ser constante na vida de vocês, mas é uma decisão complicada que somente você e ele poderá definir se será bom ou ruim para vocês dois viverem uma nova historia, sair do romance e viver a realidade, que pode ser boa demais, ou bastante complicada.

Seria muito bom, você visitar meu site e nos acompanhar para receber dicas, conselhos e também dar conselhos a outras pessoas.

Gostaria de ser atendida exclusivamente pelo Dr. do Amor? Marque agora uma consulta e receba um atendimento exclusivo.

Categoria: Conselhos
  • Gabrielle disse:

    Bom eu tenho 14 anos e namorava um cara de 30 anos casado só que a mulher dele ficou gravida antes da gente se conhecer, não consegui continuar com isso disse que tinha tráido ele no começo da nossa relação ele chorou disse que eu tinha brincado com os sentimentos dele e que me odiava só que eu só fiz isso por que teria uma criança no meio mas eu o amo e ele agora atende as ligações mas quando percebe que sou eu desliga eu mando mensagens ele responde mas dizendo que não dá que nunca vai me perdoar e que eu transformei o amor dele em ódio e fala que nem tem como agente tentar de novo que ele não confia mas em mim eu choro por que sinto falta dele as vezes ele passa na frente da minha escola de carro mas percebe que eu estou ali e volta eu acho que ele ainda me ama sso não quer adimitir ele deve estar com medo que eu traia ele de novo mas isso nunca aconteceu e agora o que eu faço?

  • nana disse:

    Tenho um racionamento co um cara casado tenho um filho com um ano dele e ele diz não largar a família.cada vez vc que a mulher desconfia ele. Entra em paranoia.tem dois filhos o menor com v20 anos.não manda nada pro meu filho,sou casada mas,estou separada a 10 anos o que fazer?

  • FRANCINE disse:

    OLÁ!

    NAMORO A 3 ANOS, PORÉM ELE MUDOU MUITO COMIGO COM O PASSAR DO TEMPO, NA VERDADE HOJE QUASE NÃO NOS ENTENDEMOS, ELE É MEIO ESTÚPIDO JÁ NÃO ME DÁ CARINHO COMO ANTES, REPRESENTA QUE NÃO ME AMA COMO ANTES. E CONHECI UMA PESSOA CASADA A 8 ANOS, SÓ CONVERSO VIA BATE PAPO COM ELE, MAS GOSTO DEMAIS DELE, ME DA MUITO CARINHO, E DIZ ME AMAR TAMBÉM… DISSE QUE SOU UM ANJO QUE ENTROU NA VIDA DELE, QUE O DESTINO FOI CRUEL, POR NÃO PERMITIR QUE ELE ME ENCONTRASSE ANTES.NÃO SEI O QUE FAZER, ESTOU MUITO CONFUSA TALVEZ PELO FATO DE TER ENCONTRADO NELE ALGO QUE MEU NAMORADO NÃO ME OFERECE. :( POR FAVOR ME AJUDEM!!

    • Dr. do Amor disse:

      Oi Francine,

      Então, é preciso ter muito cuidado, você está passando por um momento de fragilidade sentimental amorosa. Nessa situação, você tende a ficar mais “fácil” a quem se aproxima e demonstra carinho e atenção por você. Saliento que você não se deixe levar, homens em relacionamento sério, muito dificilmente trocam a “De casa” por uma da rua. Sim, ele pode lhe dizer inúmeras coisas, destacar várias qualidades de você, mas não se iluda. Não posso afirmar que este seja o caso, mas pelo menos em 97% dos casos que acompanho os homens casados querem apenas uma “aventura” quando encontram uma mulher no estagio como o seu. Costumam chamar de “Presa Fácil. ;)

  • Janine disse:

    Bom eu tenho 16 anos e namoro a uns meses um garoto de 18 anos (ele mora em outra cidade mas sempre vem pra nos vermos), sabe eu me encantei pelo sorriso dele e achei que estava apaixonada mas não, ele é um fofo, minhas amigas o entitulam de namorado perfeito, porem quando as aulas acabaram um prof meu gato de 26 anos saiu da escola e começou a conversar comigo e me chamar pra sair (obs: ele ainda é meu vizinho, moramos a menos de 500m)ele disse que não ia me agarrar e que se tentasse algo para eu lhe bater ou fazer algo e eu disse que lhe daria uma joelhada estrategica e um dia fui a casa dele como a gente conversava muito e tal ficamos 3 horas conversando e pouco antes de eu ir embora ele me roubou um beijo e eu correspondi (ou seja nenhum dos dois cumpriu com a palavra rsrs) e foi o beijo mais intenso e perfeito da minha vida desde então a gente conversa mais, vou a casa dele nos dias de semana, ele parece gostar de mim e me respeitar mas dá indiretas rsrs Ele tem namorada e acho que estão juntos desde a adolescência e ela vai pra casa dele nos fins de semana. Não sei o que fazer me envolvi pra aproveitar e curtir mas acabei me apaixonando, eu gosto dele da companhia dele, do carinho dele, de cuidar e dar atenção a ele.

  • Paulo disse:

    Concordo com Dr. do Amor…
    E fazem de tudo para entrar na sua vida!

  • *Ellen disse:

    Oi Caroline! Sei pelo que você está passando e confesso que não é fácil manter um relacionamento com um homem casado.

    Eu estive com um canalha casado há 09 anos, toda vez se perguntava se existia uma possibilidade de ficarmos juntos sempre respondia que estava esperando o filho fazer a cirurgia de transplante de rins para poder se divorciar, porque a saúde do garoto era complicada e o menino era muito apegado e ia afetar o tratamento. Eu idiotamente acreditei e esperei pacientemente.
    O tempo foi passando e minha autoestima foi embora junto, fiquei com depressão porque não queria aceitar que ele talvez estivesse me usando, os seus gestos de carinhos estavam carregados de manipulação, por muitas vezes me senti menos valorizada do que uma profissional do lepo lepo. Fique arrasada, todos aqueles anos, minha juventude foi para o lixo, entreguei o meu coração ao um canalha. Um dia o seu filho fez a cirurgia de transplante e um ano depois insisti novamente e ele me disse que estava tão bom desse jeito, tão feliz que não queria estragar tudo, que ficasse assim.

    O problema que não queria mais isso, estava cansada, deixei de ter uma vida social por que tinha muita vergonha da minha condição, não sentia orgulho de ser amante, sábia que era errado. Criei coragem e fiz um acompanhamento com o psicólogo, sentir melhor, criei coragem mudei meu corte de cabelo para joãozinho, pois queria me desvincular da pessoa que eu tinha me transformado. Fiz matricula num curso para atualizar e voltar para o mercado de trabalho e lá cometo o segundo erro, apaixonei-me por um rapaz, bonito e casado. Para piorar o primeiro ficou sabendo do segundo, e ainda teve a cara de pau de me cobrar fidelidade, ri muito na hora, foi tão ilógico. Como um cara que trai a mulher na maior cara de pau pode me cobrar fidelidade.

    Tinha que tomar uma decisão, pois não podia passar o resto da vida infeliz, estava decepcionada comigo por ter me envolvido com outro homem comprometido, a depressão estava voltando.
    Então tomei uma decisão radical, bloqueei o contado do primeiro e dei uma dura. Disse que não queria mais ser amante se quisesse ficar comigo que largasse a esposa ou se não me deixasse em paz. Ele ainda foi a minha casa duas vezes, mas fui bem firme. Ele saiu com cara de cachorro sem dono, confesso que na hora fiquei sensibilizada, mas recusei me aceder à chantagem. Fiquei satisfeita com minha atitude, a sensação que tomei um gole de autoestima, pois era uma coisa que queria a fazer há muito tempo, mas não tinha forças, estou orgulhosa de mim.
    Estou tentando criar coragem para dizer ao segundo que também não podemos continuar, pois estou vendo a história acontecer tudo de novo, mas com personagem diferente.

    Ser amante nunca mais! Ficar na expectativa de que um dia ele vai largar tudo para ficar contigo é muito arriscado, eles fazem a gente acreditar que eles têm muito mais a perder do que nós. Hoje percebo que isso é manipulação, nós temos muito a perder tanto quanto eles. Perdemos a oportunidade de conhecer outro homem solteiro que goste verdadeiramente que esteja disposto a viver uma historia, não vamos ficar durinhas pra sempre o tempo é cruel principalmente com nós mulheres, perdemos o direito de ser livres e decidir o que é melhor para nossas vidas. O risco de ser mal interpretada, pois por mais que nos achemos vitimas da situação, na real, sempre seremos as vilãs e consequentemente acabamos nos isolando por que no fundo sabemos que não é certo e temos medo de sermos crucificadas. Acabamos com nossa autoestima por tolerar situações humilhantes e deixando rastro de destruição emocional tanto da nossa parte e por parte da esposa e dos filhos, pois eles também sofrem com isso… Sendo bem objetiva FUJA DE CANALHA CASADO.

  • Nany disse:

    Oi meu apelido é nany, não queria falar meu nome, bom eu tenho 17 anos tenho um relacionamento com um cara casado, ele tem 28 anos, quando toco no assunto em relação a eu e ele, de ficarmos juntos, ele sempre deixa bem claro que nunca poderá ser só meu, me dará todo carinho e atenção que eu precisar, mais além desse relacionamento que agente está nunca passará disso, tento me conformar, mas é tão dificil faz 1 ano que estamos envolvidos, poucas pessoas sabem, ele me trata tão bem, não moramos na mesma cidade, ele trabalha na cidade em que moro, sempre que possível nos vemos, não sei mais oque fazer, ele demostra de todas as formas que não ama a esposa, fala que eu faço tudo oque ele gosta, que ele se sente bem do meu lado, a unica coisa que acho que prende ele ao csamento é o filho de 2 anos, que ele é muito apegado, ele é casado a 8 anos… as vezes penso em desistir de tudo, mas sem ele não consigo mais ficar…queria um concelho estou me sufocando! :’(

    • Dr. do Amor disse:

      Nany,

      Então, na sua situação está claro que ele não te respeita como você o respeita. Perceba que se ele já deixou bem claro que não vai abrir mão do casamento e familia dele para ficar contigo, por que insistir tanto? Se liga garota, permita-se a novas aventuras, novos amores, a sua situação é muito inferior.

  • Nathalie disse:

    Gostaria de partilhar um pouco da minha história com vocês. Eu sou casada há 10 anos e tenho um filho de 11 meses. Quando eu descobri a gravidez, meu marido mudou completamente comigo. Ele não me via mais como mulher, para ele eu era apenas mãe. Ele já não se via como marido, achava que com um filho em nossa vida, ele deveria investir bem mais no futuro. Assim, ele passou a ficar mais horas no trabalho pra ter mais dinheiro no fim do mês e nada faltar pro nosso filho. E eu, cada vez mais esquecida, carente, me sentindo feia,larguei o emprego pra cuidar só da gestação e posteriormente do bebe. Sempre que eu procurava meu marido para fazer amor ele fugia, dizia que tinha medo de machucar o bebê, depois já não procurava porque tava muito cansado de tanto trabalhar ou simplesmente quando eu chegava no quarto, depois de ninar o bebê, ele já estava dormindo. Assim, eu passei a me refugiar em redes sociais, onde eu mantinha amizades virtuais com interesses em comum, geralmente música, filmes, livros e coisas de criança. A minha gestação e pós-parto foram muito conturbados pois eu não me sentia amada, apesar de ter plena certeza da fidelidade do meu marido. Pra mim, a internet foi uma libertação! Eu sempre conversava com marido sobre o que eu estava sentindo, mas nunca deu em nada. Ele achava que as atitudes dele eram normais e eu que era incompreensiva e, pra piorar, ele tinha o apoio de toda família, tanto minha quanto dele. Isso tudo seguiu assim até o dia em que eu conheci um homem de 39 anos chamado R*.Ele e eu temos muito em comum e conversávamos sobre música durante horas, todos os dias. Passado algumas semanas, ele me disse que me amava e que eu o completava de tal maneira que ele jamais pensou que acontecer um dia. E daí, eu percebi que também sentia algo por ele, até hoje eu não sei, mas chamamos de amor.Ele mora no extremo oposto ao meu no Brasil, tem uma filha de 12 anos diz ser divorciado e que a ex-esposa é hoje amiga. Ele pediu que eu me separasse e que fosse morar com ele. Ele faz mais parte da minha vida que meu próprio marido. A gente conversa por skype, telefone, sms, whatsapp, facebook e outros. Ele diz adorar meu filho e até presentes já mandou pra ele. Um dia, eu cansada da vida que estava levando, decidi terminar meu esposo e contei tudo a ele. Lógico que ele não aceitou, disse que me amava, que iria mudar. Mas eu não quis ouvir. Nesse período de mais ou menos 1 semana, R* não falou em nada de fortalecer o nosso relacionamento e tal, era como se ele tivesse desistido. Eu fiquei magoada pois esperava mais dele. Então, resolvi dar uma segunda chance ao meu marido. Conversei com R* sobre a minha decisão e ele ficou muito chateado alegando que não havia pressionado em nada porque achava que eu estava abalada e que era cedo pra assumir um novo relacionamento e tal. Eu fiquei em dúvida, mas o deixei ciente que a chance agora era do meu marido. Daí, R*, como prova de amor, tatuou meu nome no antebraço. Achei super fofo. Meu marido até que mudou, mas agora eu tenho certeza de que amo R*. Ele disse que vem até minha cidade e que larga tudo pra ficar aqui comigo. Mas eu ainda não aceitei porque, como mãe, eu penso na filha dele que é muito apegada a ele e ele a ela. Eu jamais ficaria bem separando-o. Eu tatuei o nome dele também e já tinha o nome do meu marido tatuado. Meu marido descobriu e mesmo assim não quer me perder. E pra complicar, eu descobri o facebook da mulher do R*, isso mesmo, no facebook dela tem como casada e ainda por cima tem foto deles, antiga, mas tem. Eu já tentei conversar com ele, mas ele insiste ser solteiro desde 2012. Eu queria muito ter certeza que não estou arriscando tudo por um cara casado. Mas tá difícil. Preciso muito de auxílio, não sei pra quem recorrer. Minha família toda já sabe e odeia a possibilidade de eu jogar meu casamento de 10 anos fora por uma mentira. Eu e meu marido temos 25 anos e desde os 14 estamos juntos. Porém, eu não consigo abrir mão de R* mesmo na possibilidade de ele ainda ser casado, porque foi ele que me levantou, me apoiou e me fez sentir mulher e atraente, restaurar minha auto-confiança, ou seja, estava presente quando eu mais precisei. Me ajudem por favor.

  • Anna disse:

    Gente me ajudem ! A 1 mes, eu estou me envolvendo com um homem casado, não queria, mais… Já me envolvi muito além do que devia. Ele nao mora com a mulher dele, moram em casas separadas, mais se dizem casados, ele nao quer morar com ela pois ela tem 5 filhos que não são dele, e eles diz que se morar com ela não se dará bem com os filhos delas todos adultos já. Mais ele diz amar ela, e gostar de mim, e nao quer largar nenhuma das duas. Bom eu estou me envolvendo demais, estou me sentindo mal, a mulher não cuida dele, nao faz comida pra ele, nao lava nao passa, nao mora com ele, passa dias sem ver ele, como pode um casamento assim ? Já eu faço tudo por ele, mais se ele amasse ela como diz, por que nao vivem juntos ?? Acho tudo tao estranho, eu quero sair disso, mais gosto demais, me ajudem !

  • Marcia disse:

    Bom dia… Sou envolvida com um homem casado há 1 ano e meio. No início era uma aventura pra mim. Porém com o passar do tempo fomos ficando mais íntimos. Porém a história é esquisita. Ele mora na casa com a mulher e 2filhos,nao dorme com ela e disse que só mora lá na casa pelos filhos. E toda a família sabe de nos dois. A mulher nunca me perturbou. Me ajude… Tenho que decidir minha vida.

  • gisa disse:

    ola tenho 18 anos tem um homem casado de 36 anos que disse que me ama muito tempo ele conversa comigo pelo whatssap e face eu o conheco a 7 anos mais ou menos e conheci ele quando namorava a minha prima e agora eles estao casado antes pensava que seu sentimento em relacao a mim era de amizade ate o dia em que ele pediu pra ficar com ele nao aceitei por que ele casado apartir desse dia ,eu tinha comentado com uma conhecida so q o segredo vasou… e a familia descobriu ficou todos com raiva de mim enclusive ele mais o tempo passou e isso foi esquecido . este ano que estou namorando ele comeca a cv comigo pelo whatssap dizendo que me ama que nao quer me encomodar , e que quer meu bem e que tenta ficar de longe mais nao consegue ,disse que chorou duas horas pensado em mim e como seria bom ficarmos juntos . eu perguntei a ele se nos tinhamos futuro junto ele disse e claro que temos o problema e ficarmos um ao lado do outro . ai eu disse que so ficariamos junto depois que separace ai ele disse e se eu separar vc mora comigo ,fica comigo e larga sua vida atual …ele pediu pra nos encontramos num lugar descreto pra corversamos alguem me ajude por favor !!!

  • fernanda disse:

    Bom meu nome e fernanda hoje eu tenho 18 anos, mas quando começei a mim envolver com ele eu tinhas meu 17 anos …
    minha historia é assim eu trabalhava na casa desse cara, como baba do seu filho, mas ums tempo antes dele mim conhecer ele ja dava uma olhadas pra mim depois de 2 meses trbalhando na casa dele agente dormiu juntos dair n paramos mas , ele e casadoa á 7 anos , quando completamos 4 meses junto fikei sabendo q estava gravida isso foi um tormento ele mudou de um jeito fikou preoculpado comigo i como ia fazer pra conta a sua esposa que eu estava gravida , mas minha gravidez era coisa da minha cabeça , beleza o tempo se passou completamos 6 meses ai começou as disculsões porque ele n queria eu conversando com ninguem , evitei de falar com as pessoas perto
    dele , ele e personal harbitro viaja muito , depois dessa primeira briga nunca mas ele foi o mesmo , toda vez agente brigava passavamos semanas meses sem se falar e depois agente reconsilhiava na cama , tinha vezes que a disculsão era tão feia que eu sair machucada, chorava a maioria das vezes ele mim via chorando , n falava mas nada comigo fikava calado so ouvindo eu chorar, eu mim trancava no quarto e ele batia na porta mim chamando
    ai eu saia do quarto chorando ele fikava só olhando,
    se passou um ano e seis meses eu sair de la no dia do meu aniversario
    passamos ums meses sem nums ver quando foi agora tomei coragem e fui atraz da minha felicidade volte a mim volver com ele de novo
    eu amo esse homeme de mas , ele e a razão da minha vida i oque eu poder fazer pra ter ele em meus braços eu faço. hoje eu sou a mulher mas feliz do mundo ele é a minha espiração , so de pensa nele chega meu coração dár aquele sorisso de alegria

©2012 Todos os direitos reservados - Dr. do Amor
Politica de Privacidade