6 dicas essenciais para quem está prestes a ter sua primeira vez

Nunca tivemos nada.Já tivemos algo.Ele é meu namorado.Ele é meu noivo.Ele é meu marido.Ele é meu ex.Continuar.

Quando se fala em primeira vez muitas dúvidas vêm à cabeça…

Além daquele famoso frio na barriga e os medos tradicionais: Vai doer? Será que vou saber o que fazer? Será que é mesmo o momento certo?

A verdade é que como em qualquer primeira situação que você viveu na vida é absolutamente natural ficar um pouco preocupada (o) e com medo das coisas não saírem como o planejado!

O Segredo Inusitado Para Despertar Uma Tempestade de Desejo Apaixonado Na Mente do Homem Que Você Ama: (clique aqui para assistir ao vídeo)

No entanto, relaxe, tenho algumas dicas para lhe ajudar!

Confira agora seis dicas essenciais para quem está prestes a ter sua primeira vez…

6 dicas essenciais para quem está prestes a ter sua primeira vez

Deixe aquelas preocupações bobas de lado...

Deixe aquelas preocupações bobas de lado…

 

1 – Relaxe

Deixe aquelas preocupações bobas de lado…

Aquela barriguinha saliente, aquela pinta que você não gosta muito…

Qualquer coisa em relação ao seu corpo deve ser esquecida!

Relaxe e pense que se a pessoa realmente quer viver esse momento com você, essas pequenas coisinhas nem serão notadas!

Tenha em mente que quase todo mundo tem alguma coisa no corpo que não gosta muito ou tem vergonha, mas sabe que na hora do sexo precisa deixar isso de lado…

2 – Esqueça o que viu nos filmes eróticos

Você não vai precisar ter toda aquela performance de atriz ou ator de filme erótico…

O ideal é focar numa posição em que você fique confortável e relaxada (o)!

Se não souber como fazer algo ou até mesmo como agir não tenha medo de falar isso ao parceiro (a)…

Ele/ela saberá te guiar e com certeza terá toda a paciência do mundo!

3 – Cuide-se

Nada de fazer sexo desprotegido apenas por que é sua primeira vez!

Mesmo que o parceiro (a) seja seu namorado (a)…

É importante se cuidar, então não tenha vergonha de ter camisinhas com você ou de procurar um ginecologista e começar a tomar anticoncepcional!

Pense que mais do que um momento importante na sua vida, a primeira vez também envolve a sua saúde! Então cuide-se!

4 – Não tenha medo de admitir que é virgem

Dependendo da idade as pessoas começam a se sentir envergonhadas ou até mesmo culpadas por ainda serem virgens

Isso é bobagem!

Então não tenha medo de admitir ao parceiro (a) o fato de que será a sua primeira experiência sexual…

Dessa forma ele/ela estará mais focado em te deixar a vontade e tornar o momento mais especial!

Afinal, é difícil relaxar e saber o que fazer em se tratando de uma primeira experiência! Cabe ao parceiro (a) te ajudar nessa tarefa…

5 – Converse com os amigos (as)

Converse com os amigos ou amigas sobre o tema e ouça suas experiências…

Caso não se sinta muito a vontade você não precisa dizer a eles que ainda não viveu sua primeira vez, mas não há nada errado em ter curiosidade sobre as deles (as)!

Você verá que nem sempre as coisas saem como o planejado e ficará um pouco mais relaxada (o) já que saberá que é normal acontecerem algumas gafes…

Assim você tira da cabeça aquela obrigação de que precisa ter a melhor performance sexual do mundo!

6 – Conheça seu corpo

Não é por que você nunca fez sexo que não precisa saber quais carícias lhe excitam e quais não lhe causam nenhum efeito!

Conheça seu corpo, toque-se sem medo e descubra o que você gosta e também o que não gosta!

Se masturbar não é nenhum pecado e além de lhe ajudar a descobrir mais sobre seu corpo também ajuda você a ficar mais a vontade quando estiver com outra pessoa…

A partir do momento em que você sabe o que lhe excita você consegue guiar o parceiro (a), tornando a experiência mais excitante…

O Segredo Inusitado Para Despertar Uma Tempestade de Desejo Apaixonado Na Mente do Homem Que Você Ama: (clique aqui para assistir ao vídeo)

Além é claro de se sentir mais a vontade ao ficar sem roupas na frente de outra pessoa…

 

6 dicas essenciais para quem está prestes a ter sua primeira vez

Artigos relacionados:

Gostou do artigo? Conte sua história nos comentários: